segunda-feira, 20 de outubro de 2008

ARTE DE AMAR


Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

(Manuel Bandeira)

2 comentários:

  1. Linda poesia, só com Manuel pra buscar uma inspiração especial, uma inspiração pesada, epiléltica, mas romântica, tenra. Um gde beijo do amigo Fabricio

    ResponderExcluir
  2. Realmente, os corpos sim se entendem, o poeta B sabia das coisas
    Beijoo

    ResponderExcluir

Loading...
Loading...